Pesquisar
Close this search box.

Fórum AELO Estadão, marco do nosso setor

O grande Fórum AELO Estadão, tendo como tema “Loteamentos Urbanos 2024: Perspectivas e Projeções”, está confirmado para 24 de junho, uma segunda-feira, das 8 às 13 horas, no Milenium Centro de Convenções, edifício em que ficam as sedes do Secovi-SP, da AELO e de várias outras entidades, em São Paulo. Será um evento presencial para mais de 200 inscritos e contará também com transmissão on-line para todo o Brasil.

Os canais de comunicação da AELO iniciam, neste 20 de maio, uma contagem regressiva, durante a qual apresentaremos, em cada edição, novas informações sobre o evento. O Fórum será um autêntico do marco do nosso setor, pois atingirá dimensão e conteúdo inéditos no País.
Os loteamentos continuam desempenhando um papel vital no desenvolvimento sustentável de áreas urbanas, contribuindo para o avanço econômico e social nessas regiões. Além disso, à medida que um loteamento cresce de forma ordenada e planejada, traz consigo maiores investimentos em infraestrutura, resultando na melhoria da qualidade de vida da população.

Caio Portugal explica o grande seminário

O projeto para a realização do Seminário Nacional sobre Desenvolvimento Urbano começou a nascer há dois anos, quando a AELO já ultrapassava a marca de mil associados. Em março de 2022, o presidente Caio Portugal (foto) reuniu-se com sua Diretoria e houve consenso de que um caderno especial sobre loteamentos, em jornal de circulação nacional, seria o melhor modo de a AELO mostrar ao País sua nova dimensão. Em 2023, o número de Estados com a presença da AELO chegaria a 21: foram admitidas empresas do Rio Grande do Sul e de Roraima.
Optou-se pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, conhecido como “Estadão”, fundado há 149 anos e que costuma fazer boas coberturas jornalísticas do setor imobiliário, além de ser o preferido das empresas em campanhas de lançamentos de edifícios e de loteamentos.
Ainda em março de 2022, houve a primeira reunião entre o presidente Caio Portugal e Cida Cavalcanti, gerente comercial do “Estadão” para a área imobiliária. As negociações foram evoluindo, até que, em agosto, Cida apresentou a Caio um projeto elaborado sob o aval da chefia de Redação do jornal. Finalmente, na última semana de setembro, Caio Portugal e o vice-presidente, Luis Paulo Germanos, foram até a sede do Grupo Estado, no Bairro do Limão para uma reunião decisiva com Cida Cavalcanti e fecharam acordo para que o Caderno pioneiro fosse publicado em novembro, logo após o segundo turno das eleições.
Na sua primeira edição, em novembro de 2022, o Caderno Especial de Loteamentos AELO Estadão, de 16 páginas, lançou um panorama geral da atividade de parcelamento do solo e focalizou a campanha Lote Legal, comandada pela AELO desde 2021, em parceria com instituições, para ampliar o combate a loteamentos ilegais ou clandestinos.
Diante do sucesso da edição pioneira, houve uma segunda edição do Caderno Especial, em 19 de maio, de 2023, publicada tanto na versão impressa quanto no formato de reportagens digitais, reforçando a importância dos lotes legais e os impactos sociais e econômicos associados ao tema.

Quais seriam os planos para 2024?

A Diretoria da AELO mostrou uma ambição ainda maior, que foi apresentada por Caio Portugal a Cida Cavalcanti no segundo semestre de 2023: a ideia de promover uma nova edição conjunta AELO-Estadão, porém reforçada por um seminário nacional de desenvolvimento urbano. Cida e a Redação do jornal aceitaram o desafio. Em fevereiro, Cida enviou a Caio um pré-projeto de evento e de iniciativas paralelas.
A AELO também precisava receber as conclusões finais da Ecconit Consultoria Econômica sobre o resultado da pesquisa feita junto a loteadores de todo o País, de 23 de outubro a 31 de dezembro de 2023. A pesquisa, conduzida pela AELO, a partir de um questionário elaborado pela Ecconit, serve de base para a caracterização do setor.
Em abril, tendo o balanço da Ecconit em mãos, Caio Portugal reuniu-se novamente com os demais diretores da entidade e, após uma consulta ao Secovi-SP, proprietário do Milenium Centro de Convenções, foi escolhida a data para o evento: 24 de junho.
A AELO está unida na organização e na promoção do evento: Diretoria, Conselho Consultivo, Conselho Fiscal, os delegados Regionais, os gestores Mariangela Machado e Márcio Pascholati, e os colaboradores da sede – Sônia Dias, Andrea Leite e Eduardo Zorzenoni.
O apoio para divulgação é dado pelos jornalistas Luiz Carlos Ramos e Calão Jorge, da Assessoria de Comunicação da AELO, e por toda a equipe da agência 6P de Marketing e Propaganda, especialmente os publicitários Eduardo Cesar e Luciene Francisco. A coordenação das reuniões de Comunicação é do diretor de Relações Institucionais da AELO, Jorgito Donadelli.
O “Estadão”, por sua vez, vai levar adiante o compromisso de também divulgar o evento de modo abrangente, por meio de seus canais.
A campanha da AELO já está nas ruas, nas empresas e nas entidades. Para aprofundar a discussão e criar uma oportunidade para o estreitamento de laços entre diferentes representantes do setor, o “Estadão” produzirá uma edição especial do Fórum Estadão Think em parceria com a AELO, tendo como tema “Loteamentos Urbanos 2024: Perspectivas e Projeções”.

Você também pode participar!

Últimas Notícias
AELO ON – Extra
Programação do Fórum está quase pronta
Faltam 18 dias para o grande Fórum
As cidades terão voz no Fórum AELO Estadão
Fórum AELO Estadão, marco do nosso setor
Nossa solidariedade ao Rio Grande do Sul

Seja um associado

Preencha o formulário abaixo, e em breve nossa equipe entrará em contato com mais informações para que você possa se tornar um associado.

Se torne um parceiro

Preencha o formulário abaixo, e em breve nossa equipe entrará em contato com você para mais detalhes.